fevereiro 12, 2010

Meus caros:
Foi com muito agrado que eu ontem ouvi que o nosso queridissimo senhor primeiro Ministro afirmou o seguinte: “Não me importo de reduzir o meu salário”
– Muito bem Sr. Primeiro Minístro, pensei eu, está a fazer um esforçozinho, pois está! Yupi! Yupi! Vamos fzer uma festa!!!



Logo de seguida oiço: “tenho o maior gosto de contribuir com o meu 13º mês”



- Mau, então reduz o ordenado ou contribui com o 13º mês? Já não estou a entender.... como é que ficamos, até porque coitado, ficar assim de repente sem o 13º mês é muito dificil , ficar sem poder comprar as prendas de Natal! As férias na Neve...como é? Mas pronto ok! Fico mais ou menos contente.....


De repente fez-se luz naquela cabecinha e então pensou: “Meu Deus o que fui dizer!!! Como faço???? O que digo???? E Agora????










Passados alguns segundos (o tempo que o Sr. 1º teve a meditar) oiço-o a dizer: “isso não resolve o problema...”

Pois está claro...eu já sabia era fruta a mais!!! Alguma vez ele iria abdicar de todo o seu dinheirinho...nem pensar....o português que “aperte o cinto”, que viva em crise (pois já está habituado), o português (que é tótó) que faça esforços, que não seja aumentado, que deixe de poder fazer o que habitualmente fazia como uma simples ida ao cinema (é um luxo!), o português que fique em estado de choque pois está a chegar o fim do mês e vê que o saldo bancário está completamente nas “lonas”, o português que morra pois não têm dinheiro para comprar os medicamentos que necessita porque as suas miseras reformas não chegam para tal, o português que se AGUENTE nesta CRISE e que seja o Português a levar com tudo isto...porque ele está habituado a levar sempre nos “cornos” (desculpem a expressão) portanto não acha estranho! O Português que se levante as 5 da manhã para marcar consultas, o Português (aqueles que não aderiram ou que não querem ter ou que não tem direito) que pague o  "Magalhães", o Português que pague  divida externa!

Depois de mais uma sessão terminada no Parlamento o Senhor Minístro saiu do dito e com aquele seu ar pensou: "O Português que suporte esta crise, porque eu do meu dinheirinho não vou abdicar, ah pois não....e lá foi ele todo contente a entrar no seu modesto carrinho a pensar já enganei mais uns tantos!!!!!! são todo uns



Nota: Já sabem se eu durante algum tempo não parecer por aqui, não visitar nem responder aos vosso Post's é porque me foi accionada uma Previdência Cautelar! Se por acaso deixar de escrever algo sobre o que seja do nosso 1º é porque fui "censurada", por favor não estranhem! Agradeço também que não me contactem atravês do meu telemóvel porque acho que estou sobre "escuta" é que hoje ouvi uns "barulhos estranhos" no meu telemóvel.

Interrogação!Questão?
Eu por vezes interrogo-me porque é que o Sr. 1º é tão "amigo" do Hugo Chavez??? Alguém me sabe responder? é que eu não entendo esta amizade, será que até tem algo em comum...naaaaaaaa! não acredito!!!!! ups ou será??????





4 left hand:

Girl in the Clouds disse...

O problema é que os salários em Portugal não são muito altos e ainda por cima pagamos impostos, e não é pouco!!

by " A Invisível " disse...

Querida Canhota;
COMO OUSAS DIZER, QUE NÃOE ESCREVES NADA DE JEITO?!...:)
Adorei este post! Continua a escrever!
Concordo com todo este "sarcasmo", que infelizmente é verdadeiro...
Desejo-te um excelente fim-de-semana, com muitos sorrisos à mistura. Sim?... :)
Beijinho grande* querida Canhota*

maria teresa disse...

Pois!Pois!...
Abracinho

Pinkk Candy disse...

GRANDE POST!!! CLAP CLAP CLAP

ADOREI!!!

E

CONCORDO COM TUDINHO!!!

=)

XOXO